O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá: uma história de amor

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá: uma história de amor

Escrito por: Jorge Amado

Editora: Record

Ano de lançamento: 1996

Resenha

 Para os fãs do grande romancista baiano Jorge Amado, uma oportunidade imperdível de aproximar seus filhos da obra de um dos autores brasileiros mais queridos e celebrados de todos os tempos. Os habituados ao estilo denso e exótico que caracteriza obras como Gabriela, Cravo e Canela, ou à violência social de um Capitães da Areia, vão se impressionar com a versatilidade que Amado demonstra, ao dominar com esperteza e perícia, a leveza e a oralidade características da prosa infanto-juvenil. Os pequenos vão vibrar com o humor inteligente e bem articulado, e talvez se demorar nas sutilezas com que o escritor descreve o pôr do sol, ou os descaminhos do difamado Gato Malhado e da louquinha Andorinha Sinhá nas cores já tão bem cantadas da Bahia. O leitor adulto sagaz será capaz de perceber nos personagens, quem sabe, uma sombra da ingenuidade duma Dona Flor ou, talvez, o eco da malandrice de um Vadinho?

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.