http://i1.wp.com/ataba.com.br/wp-content/uploads/2015/01/LRV_01-2.jpg?w=1050

Um feliz aniversário!

Há um ano atrás, em 7 de janeiro de 2013 – Dia Nacional do Leitor – entrava no ar o blog A Taba: um espaço construído por quem ama livros e adora indicar boas leituras.

Nesse tempo, conseguimos reunir especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários, narradores orais, artistas plásticos e ilustradores com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras. E é uma grande alegria perceber que esse espaço nos aproximou de muita gente bacana – pessoas que, como nós, desejam que o acesso a livros de qualidade e a boas experiências leitoras possam tornar-se realidade para todos os leitores em nosso país.

Desde que nosso conteúdo começou a ser disponibilizado em ambiente virtual, inicialmente nas redes sociais e, em seguida, no blog e na livraria, conseguimos reunir um número significativo de leitores e apaixonados por livros, fazendo-nos perceber que A Taba pode ser grande, muito maior do que pensávamos.

Nosso blog já foi visto mais de 165 mil vezes e alguns de nossos conteúdos promovem diálogos interessantes sobre os temas que tratamos. Escritores, editores, professores, pais e mediadores de leitura comentam nossos posts e nos procuram para trocar suas experiências. São eles nossos principais interlocutores e, por isso, nosso conteúdo vem sendo produzido também a partir das demandas trazidas por esse público.

As recomendações de livros oferecidas em nossa página do Facebook, assim como as seleções que publicamos em nosso blog são visualizadas e compartilhadas por muitas pessoas e instituições em suas páginas, blogs e sites. Algumas delas – como a recomendação de livros para bebês – tiveram cerca de 14 mil compartilhamentos. Isso significa que um número considerável de pessoas confia em nossas indicações, replicando-as.

Nossos bate-papos promovidos periodicamente vêm se configurando como uma excelente ferramenta para fomentar o diálogo sobre livros, leitores e leitura. Nos oito eventos que realizamos no ano passado, convidamos especialistas para discutir online questões relacionadas à leitura, com a participação do público ao vivo durante a transmissão. Além de termos um grande envolvimento das pessoas ao longo do evento,  depois de finalizado, esse conteúdo apareceu replicado em sites de instituições educativas de renome (CEDAC, CENPEC, Instituto Natura, Secretaria Estadual de Educação e UNICAMP), sendo utilizado em diferentes programas de formação de professores e mediadores de leitura, obtendo até cerca de 1500 visualizações em apenas um mês.

Nossa página no Facebook já possui mais de 12 mil seguidores: pessoas que recebem, interagem e compartilham todo o conteúdo diário que publicamos.

Por meio de nosso Clube de Leitores e das conversar que promovemos sobre os livros, temos conseguido construir observáveis sobre as obras, mediando de maneira significativa a experiência de leitura de crianças e jovens. São vários os e-mails de assinantes do blog e da livraria ressaltando a importância desse espaço de formação de leitores em um ambiente virtual.

Embora estejamos apenas começando, percebemos que estamos construindo uma conversa sobre livros, leitores e leitura em um espaço novo, no qual as pessoas passam grande parte do seu tempo livre: a internet. Pouco a pouco, começamos a vislumbrar a formação de uma comunidade interessada em falar sobre livros, sobre suas experiências leitoras, sobre as inquietações de quem se desafia a formar novos leitores e em ampliar seus conhecimentos acerca do universo da literatura infantil e juvenil, reclamando o Direito à Literatura como uma necessidade que deve ser cada vez mais sentida e desejada por todos.

É nisso que acreditamos!

 

 

 




Participe da conversa!