Um conto de Natal

Um_Conto_de_Natal_ler9780451  botaocomprar

Autor(a): Charles Dickens

Ilustrador: Eduardo Oliveira

Tradutor: Carmen Seganfredo, Ademilson Franchini

Editora: L&PM

Ano de lançamento: 2013

 

Resenha:

Em Um conto de Natal, Charles Dickens nos põe em contato com um dos personagens mais fascinantes da literatura universal, o avarento e mal humorado Scrooge, apresentado inicialmente em toda sua frieza, impermeável aos sentimentos alheios.

Para penetrar essa carcaça endurecida pelos percalços enfrentados ao longo da sua existência atuam as forças sobrenaturais, que colocam Scrooge frente às lembranças de uma época em que ele era mais humano, resgatando aos poucos o seu coração e fazendo-o olhar para o presente com o mesmo diapasão do passado.

Dickens escreveu Um conto de Natal sob os estímulos de uma poderosa Inglaterra, tanto econômica como militarmente, talvez para alertar acerca dos danos que a riqueza e a modernização desenfreadas podem infligir nos organismos sociais. Assim, se na história de Scrooge são as forças sobrenaturais que atuam para a transformação do indivíduo, a literatura certamente cumpre essa função nas nossas relações terrenas, ao confiarmos que nenhum ser humano permaneça indiferente ao percorrer as páginas de um bom livro, igualmente transformador.

 

Trecho do livro:

“… Onde ia, levava consigo sua frieza, que gelava o escritório nos dias mais quentes do ano e não degelava nem um grau no Natal.” (p. 15)

 

Para quem?

exp sozin

Para quê?

emocionar dificeis