Totó

Totó

Escrito por: Michael Rosen

Editora: Martins Fontes

Ano de lançamento: 2003

Resenha

Imagine um cachorro que pensa que os seres humanos com quem vive são suas pessoas de estimação. Esse é o ponto de partida dessa história. O modo como ele descreve a menina e seus pais tem como referência as suas características. Assim, dá nomes de cachorro aos humanos – Totó, Laica, Rex –, considera as falas como latidos estridentes, sente-se superior a eles por ouvir melhor, ter garras mais fortes e pelos por todo o corpo. As ilustrações – que imitam os traços dos desenhos das crianças – e as caixas de diálogos nos permitem ver os significados humanos das situações interpretadas pela visão canina. Isso dá o humor ao livro e o contraste dos mundos. Enquanto os humanos pensam que estão dando ordens ao cachorro, ele pensa que está fazendo tudo por sua vontade.

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário