Arquivos da Tag: Leitores iniciantes

Tenho medo

Tenho medo

Com um texto poético e imagens que têm muito a dizer, Ivar Da Coll construiu uma linda obra sobre a importância da confiança e da amizade para vencer os medos reais e imaginários.

30 livros para crianças em fase de alfabetização

30 livros para crianças em fase de alfabetização

Em 2017, milhares de crianças viverão o instante mágico em que passarão a compreender o mundo através das letras.
Pensando em trazer ainda mais magia para essa etapa tão importante da vida, a equipe da Taba preparou uma lista com livros que podem facilitar o processo de aquisição da leitura e da escrita.

A vaca que botou um ovo

A vaca que botou um ovo

O título do divertido livro de Andy Cutbill já mostra ao leitor que o enredo que o espera não terá nada de comum. Afinal, não é todo dia que se encontra uma história onde um mamífero bota um ovo.

Bichos de cá

Bichos de cá

Bichos de cá foi o livro enviado aos Assinantes Leitores Iniciantes do Clube de Leitores A Taba em outubro de 2016.
Se você conhece o livro, venha conversar com a gente sobre sua experiência de leitura.

Logo ali

Logo ali

Levei esse livro para ler no hospital e não tive muito sucesso. Talvez por ter imagens pequenas, com muitos detalhes e que exigem um olhar mais detalhado. Isso é bem restrito na leitura no hospital.

Quero meu chapéu de volta

Quero meu chapéu de volta

Gostei muito de ler esse livro para as crianças no hospital. Principalmente para o Hugo, um menino de 5 anos que no início da leitura não queria interagir muito…

O pacto do bosque

O pacto do bosque

Confira o relato emocionante de Isadora Freire sobre a leitura do livro O pacto do bosque para crianças de um hospital em Ceilândia.

111 poemas para crianças

111 poemas para crianças

111 poemas para crianças é uma antologia que reúne textos de Sérgio Capparelli, selecionados pelo próprio autor. Qual deles foi o favorito dos assinantes leitores iniciantes do nosso Clube de Leitores? Conte pra gente!

Sete patinhos na lagoa

Sete patinhos na lagoa

Confesso que quase precisei confeccionar um glossário para explicar tantas palavras diferentes que aparecem no texto: “cabresto”, “pestilento”, “regato”, “ardiloso”, “peralta”, “tifo”, “ardil”… Mas, dá para descobrir o que significam muitas delas a partir do contexto da leitura. E isso, sim, é enriquecer o vocabulário!
E com vocês? Como foi essa leitura?

Zoo

Zoo

Confesso que já me deparei com esse livro em uma biblioteca e não achei muita graça, nem muita lógica.
Quando o recebi em casa pela A Taba, pensei que seria um baita de um desafio!
E vocês? Que perguntas surgiram a partir do encontro com Zoo?