http://i2.wp.com/ataba.com.br/wp-content/uploads/2016/05/Sete-patinhos_capabrochura_mercado-1.jpg?w=1050

Sete patinhos na lagoa

sete-patinhos_2Livro: Sete patinhos na lagoa
Autor: Caio Riter
Ilustrador: Laurent Cardon
Editora: Biruta

Resenha
Sete patinhos e um jacaré esfomeado estão juntos em uma mesma lagoa: o resultado desse encontro só pode ser uma divertida confusão!
Construindo uma narrativa em versos rimados, Caio Riter nos conta a história de sete frágeis patinhos que precisam enfrentar o insistente e esperto Barnabé. Para saciar o seu apetite, esse enorme jacaré vai se utilizar das mais variadas artimanhas. Ora escondido no fundo da lagoa, ora utilizando diferentes disfarces, ele vai engolindo um a um os pequenos filhotes.
E agora? Será que algum dos filhotes conseguirá escapar?

(Resenha produzida pela equipe A Taba, especialmente para o exclusivo Mapa de Exploração da obra.)

Como foi a nossa leitura?

Que história divertida e com final inesperado!
Histórias de engano são a cara da minha amiga Leda Dal. A gente se diverte quando o bem vence o mal, mesmo que pareça que tudo já está perdido.

Confesso que quase precisei confeccionar um glossário para explicar tantas palavras diferentes que aparecem no texto: “cabresto”, “pestilento”, “regato”, “ardiloso”, “peralta”, “tifo”, “ardil”…  Mas, dá para descobrir o que significam muitas delas a partir do contexto da leitura. E isso, sim, é  enriquecer o vocabulário!
Agora, o que não era de se esperar era o jacaré vomitar! Essa foi boa!

E a etiqueta da fantasia do Batman? A fantasia ainda estava com etiqueta!!!!

Não vou contar o final, mas dentre esses sete patinhos, tinha um que era muito inteligente e que, além de tudo, ajudou seus irmãos! (Quem achou isso foi a minha irmã mais nova, Livia, que foi a ouvinte dessa história).

Agora, terminar o livro lembrando de todas aquelas gostosuras…biscoito, pão, sorvete, suco de limão!!!Hum…foi uma grande injustiça com os leitores, hein?!

E vocês? O que acharam dessa leitura?

capa-mini-patinhos-330x200




Participe da conversa!

Um livro muito divertido, com um vilão criativo que subestimou a esperteza do pequeno patinho, que deu a historia um final super engraçado