A rainha das cores

A rainha das cores

Escrito por: Jutta Bauer

Ilustrado por: Jutta Bauer

Editora: Cosac Naify

Ano de lançamento: 2003

Resenha

Uma soberana diferente, muito temperamental, é a protagonista de “A rainha das cores”, álbum premiado na Alemanha que ganhou uma versão para a tevê. Nestsa história, os textos curtos de Jutta Bauer, acompanhados pelas expressivas ilustrações feitas com giz de ceêra, nos conduzem a em um mundo de sensações representados pelas cores. Num dado momento há um choque de personalidades: o amarelo, que não era apenas quente e claro, mas, também teimoso e levado, assim como Coralina, começam uma briga. As cores se unem para tentar ajudar, mas, o que se forma é uma grande massa cinza amarronzada que, felizmente, após um momento de solidão e tristeza, começa a se desfazer pelo choro colorido de Coralina. A grande expressividade dos rabiscos (como as emoções, tão à flor da pele nesta rainha tão jovem) surpreendem. As listras, as espirais e os pontos de cor culminam na fantástica cena, que também aparece na capa do livro e mostra uma rainha, cheia de satisfação com todas aquelas cores se abrindo para o mundo a partirpor meio de seus cabelos. Um livro atraente com ilustrações espetaculares que falam por si só!

Trecho do livro

“Foi um rio de lágrimas, e quanto mais ela chorava, mais o Cinza sumia.” (p. 39)

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário