Poesias dão nomes ou nomes dão poesias?

poesias dao nomes ou nomes dao poesias_ler9780712  botaocomprar

Autor(a): André Neves

Ilustrador: André Neves

Editora: Mundo Mirim

Ano de lançamento: 2013

 

Resenha:
Este é um livro de um curioso por nomes e seus vários sentidos. Os tantos nomes para os quais ele é dedicado às vezes parecem nos fazer entrar e sair de muitos labirintos. Ou então procurar as peças de nomes-quebra-cabeça como “Elibiacleoneide”. Quem já tentou dar o nome aos bois do nosso folclore ou pensar num sobrenome para o Zé Ninguém? André Neves. Ele brinca ainda com os nomes de outras maneiras: procurando rimas ao modo das crianças para zombarem com os nomes dos coleguinhas ou criando pares amorosos a partir dos correspondentes masculinos e femininos, inventando histórias rimadas, criando um alfabeto de Marias ou uma ciranda de meninas com nomes de flor, jogando com os vários sentidos da palavra “Graça” ou continuando o trava-línguas “Pedro tem o peito do pé preto”. Nas ilustrações brincalhonas, figurinhas engraçadas nos divertem pelas páginas.

Trecho do livro:
“Menina bacana é Mariana, mas se Anamaria, Maria ou Ana a engana ela trama.” (p. 6)

Para quem?
inici acomp aut sozin

Para quê?
rir




Participe da conversa!