Os meninos morenos

Os meninos morenos

Escrito por: Ziraldo
Ilustrado por: Ziraldo
Editora: Melhoramentos
Ano de lançamento: 2010

Resenha

Os meninos morenos é o resultado do cruzamento de duas vertentes da arte literária: a prosa e a poesia. Ao ler os versos do poeta guatemalteco Humberto Ak’abal, o escritor mineiro Ziraldo, criador de um dos mais célebres personagens da nossa literatura infantil, o Menino Maluquinho, ficou intrigado com tantas semelhanças entre Brasil e Guatemala que fez um mergulho em suas memórias de criança para comprovar sua constatação. Então registrou essas lembranças em palavras cheias de um lirismo saudosista que leva o leitor adulto a se emocionar com aquilo que lê, ao mesmo tempo em que se vê levado a reconstituir e resignificar o próprio passado. Para quem ainda não teve tempo suficiente de acumular tantas lembranças, a experiência é igualmente interessante, pois ilustra uma época em que as crianças se movimentavam com mais liberdade, criavam seus brinquedos, frequentavam os folguedos, entusiasmavam-se com as histórias de gente que, aos ouvidos dos meninos de hoje, soam como histórias fantasiosas, e principalmente encantadoras. Os versos de Ak’abal irrompem o relato e são aguardados enquanto avançamos na leitura, eles cristalizam de um modo diferente dos desenhos de Ziraldo toda a gama de emoção antecipada pela narração.

Trecho do livro

“Havia horas que estavam me procurando. Eu ventava! Virava o mundo de pernas para o ar, eu, que tive dois rios perigosos na minha infância.”

P. 16

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.