O̗mo̗-oba: histórias de princesas

Autor(a): Kiusam de Oliveira

Ilustrador: Josias Marinho

Editora: Mazza

Ano de lançamento: 2009

 

Resenha:

  Na verdade, as princesas deste livro são seis divindades iorubanas, orixás, cujas histórias de seus poderes são recontadas como se fosse no tempo da infância delas. Essas histórias falam, em especial, de dons especiais de divindades que muitas vezes precisam se separar do grupo para poder vivê-los com integridade como é o caso de Oiá e de Olocum. E também doss que precisam de um grupo para se realizarem. Por exemplo, Iemanjá de cuja boca nasce os seres do mar e outros orixás ou Oxum cuja presença tem a magia necessária para reintegrar Ogum. Outra característica importante são os limites a serem respeitados para que o dom não cause dano a si e aos outros: a intensa luz de Ajê Xalugá e as brigas de Terra (Obatalá) e Céu (Oduduá). A contação das histórias, as cores das páginas de cada história e os elementos afrossimbólicos das bonitas ilustrações pedem ao leitor que participe da construção dos sentidos das narrativas.

Trecho do livro:

 “As abelhas, encantadas com a beleza de Oxum e a delicadeza com que havia feito o pedido, abriram uma fenda na colmeia e o mel começou a escorrer nas mãos de Oxum. O mel brilhante como o ouro que escorria nas mãos de Oxum era passado na boca do menino Ogum, que estava adorando toda a doçura.” (pp. 21-22)

Para quem?
inici acomp aut sozin exp sozin

Para quê?
rir pensar emocionar viajar




Participe da conversa!