Nuno descobre o Brasil

Nuno descobre o Brasil

Escrito por: José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta
Ilustrado por: Roger Mello
Editora: Objetiva
Ano de lançamento: 2004

Resenha

Os jornalistas, roteiristas e escritores José Roberto e Marcus Aurelius reinventam a história da navegação  que culminou no descobrimento do Brasil e brincam com algumas das ideias cristãs tomando como ponto de vista o do órfão Nuno que embarcara na caravela de Pedro Álvares Cabral. É uma reinvenção cheia de peripécias e humor – em que o traquina Nuno e os seus conterrâneos, por viverem num país católico, estão sempre se perguntando e procurando por um lugar que seja semelhante ao paraíso de que ouvem os padres falarem. Em especial, destacam-se as aventuras imaginativas da “Ordem dos Baldolinos” formada por Nuno e Rolha que influenciam na mudança do destino da rota de Cabral e as muitas desforras de vinganças que se dão entre Nuno e Amaro, o contramestre, um português que já havia sofrido das peraltices de Nuno em terra. As ilustrações de Roger Mello, com traços infantis, em preto e branco e um verde que aponta aqui e ali, dão ao leitor uma outra ideia das descobertas de Nuno até chegar ao Brasil.

Trecho do livro

“‘Será que é aqui mesmo o paraíso?’
‘É claro!’, respondi.
‘Será que os rios são de mel?’
‘É claro!’
‘Será que encontraremos anjos?’
‘É claro!’
‘Será que ganharemos asas?’
Eu não sabia o que responder.”

P. 86

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário