Nesse sábado, dia 03, às 11h, teremos o 2º encontro de leitores d’A Taba e do Espaço de Leitura

A leitura é uma experiência muito mais interessante quando pode ser compartilhada. Ler junto, trocar impressões sobre um texto, conversar sobre as palavras dos autores e as imagens dos ilustradores pode revelar surpresas e descobertas sobre a obra e também sobre nós mesmos.

Por isso, uma vez por mês, todos os interessados estão convidados a participar do Encontro de leitores para ler e conversar sobre os livros selecionados pela Taba para cada tipo de leitor.

Dessa vez, vamos torcer ainda mais para que não chova!

Quando?  Sábado, 03 de setembro, das 11h às 12h.

Onde? No Espaço de Leitura do Parque da Água Branca.

Venha com suas crianças. Aproveite para passear no Parque, desfrutar de uma boa leitura e,de quebra, conhecer outros assinantes do Clube de Leitores A Taba.

Nesse mesmo dia, faremos uma feira de troca e também de doações de livros infantis e juvenis.

Traga um exemplar para trocar. Traga outro para doar!

Participe! O dia vai ser muito mais gostoso se pudermos contar com a sua presença!

 

Saiba mais sobre os livros que serão mediados nesse encontro:

capa_Talvez_143Livro: Talvez

Autor: Guido van Genechten

Editora: Positivo

Desde cedo, as crianças estão sempre observando o seu entorno cheias de perguntas sobre a vida e o universo. E muitas vezes, cercam os adultos com questões para as quais uma boa resposta possível possa ser dada por meio da expressão “talvez”.

Esse é o jogo proposto por Guido van Genechten nesse livro que trata de temas profundos de uma maneira leve e divertida.

A partir das cores primárias e de algumas formas básicas, o autor cria diferentes imagens, ajudando-nos a refletir sobre a origem e o destino de tudo o que existe.

No final, somos surpreendidos pela simplicidade das possibilidades imaginadas por ele e encerramos a leitura cheios de novas perguntas.

Afinal, e se…?

 

quero meu chapeuLivro: Quero meu chapéu de volta

Autor: Jon Klassen

Editora: WMF Martins Fontes

 

Um urso pergunta a cada bicho que encontra pelo caminho: Você viu o meu chapéu?

Raposa, sapo, coelho, tartaruga, cobra e topeira: quase todos parecem não ter visto nada parecido em nenhum lugar.

Aflito, o urso encontra o alce, que lhe pede que descreva o chapéu. E ao fazê-lo, o protagonista lembra, surpreso, que já viu o objeto em alguma cabeça por aí.

Nessa narrativa de repetição, o leitor é convidado a investigar atentamente as respostas e o comportamento de cada um dos animais interrogados e a descobrir, de maneira bastante divertida, que nem tudo é o que parece ser à primeira vista.