Luna Clara & Apolo Onze

Autor(a): Adriana Falcão

Ilustrador: José Carlos Lollo

Editora: Salamandra

Ano de lançamento: 2012

 

Resenha:

Em Desatino do Norte: em meio à seca, a contínua espera, sem que seque a esperança. Em Desatino do Sul: o que mais desejar? Há uma festa sem fim. No meio do mundo, velhas jogam um misterioso jogo de sorte, e a cada giro na roleta, a cada lance ganho por uma delas, novos sucessos na história de nossas personagens acontecem. Com idas e vindas, apoiada nas andanças de seu Erudito e suas filhas Aventura, Divina e Odisseia, na pressa de Doravante, e na lua, constrói-se a história de Luna Clara & Apolo Onze. A constante presença dos mitos gregos aliada às muitas histórias populares que atravessam o texto, sempre de modo renovado, lhe dão uma costura interessante e envolvente, instigando o leitor a continuar nessa travessia.

 

Trecho do livro:

“E imediatamente a porta se abriu com seu rangido.
Era agora ou nunca.
Será que ainda tinha sobrado algum cão feroz naquela casa?
Eles esperavam que não.
Vão continuar ou desistir?
Se olharam.
Sorriram.
Entraram.
De mãos dadas.
E só então eles viram o verdadeiro jogo das velhas, o jogo mais fantástico e mais maluco que já tinham visto até aquela sexta-feira dos ventos.” (p. 204)

 

Para quem?

aut acomp exp sozin

Para quê?

viajar



Participe da conversa!
%d blogueiros gostam disto: