Longe como o meu querer

Longe como o meu querer

Escrito por: Marina Colasanti

Editora: Ática

Ano de lançamento: 1998

Resenha

 Neste livro, Marina Colasanti reúne 24 contos mágicos em que o desejo muitas vezes está longe, outras ainda não foi descoberto, ou ainda está tão perto, mas no outro, que se expressa como inveja e vingança. Nessas histórias tecidas em linguagem poética e musical, todos os seres anseiam: reis, príncipes e princesas, homens e mulheres, moços e moças, figuras do baralho, cegos, ogres e deuses. O fantástico está muitas vezes na caracterização das personagens: um moço sem nome e rosto, uma moça que tem a lua debaixo da pele ou o irmão mais novo que cabe na palma da mão do mais velho. Por meio das travessias e esperas das personagens, vislumbramos alguns dos espaços em que os quereres acontecem: nos sonhos, nas histórias ouvidas ou imaginadas; no fundo das dunas ou no fundo do mar; nas asas do pássaros, no crepitar de uma chama ou numa magnólia que demora gerações para acontecer em seu esplendor.