Inveja

Inveja

Escrito por: Renata Farhat Borges
Ilustrado por: Silvia Amlstaden
Editora: Peirópolis
Ano de lançamento: 2012

Resenha

Desdobrando as páginas de Inveja, pequeno livro sanfonado, o leitor vai desenrolando uma peculiar serpente. Num convite a desfazer a linearidade do olhar, a parte do corpo da cobra que primeiro se apresenta é o rabo. O corpo esguio, com escamas detalhadamente ilustradas, apresenta algumas das paisagens descritas no texto, até o clímax do enredo que se dá justamente na desdobra do meio do livro – quando se revela o rosto da inveja, ou a cara peçonhenta da serpente. Na narrativa verbal, a amizade entre duas meninas – uma filha do patrão, outra dos empregados – é contada de longe, anunciando um encontro entre elas que se dá tarde demais, em meio a desejos conflituosos e frutas colhidas no pé. Além da edição primorosa, as metáforas verbais e visuais conferem alto grau literário e artístico ao livro.

Trecho do livro

“Tinha ela que ajudar a mãe a dependurar as roupas no varal. Nem sabia por que dona Filquinha esfregava tanto, se os trapos continuavam trapos e tingidos da cor da terra da região. Queria um dia ter uma roupa todinha branca: saias, rendas e meias de perna inteira…”

Obra sem numeração nas páginas.

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário