Harvey: como me tornei invisível

Harvey: como me tornei invisível

Autor(a): Herve Bouchard

Editora: Pulo do Gato

Ano de lançamento: 2013

 

Resenha:

 As histórias deste livro, escritas em letra de forma com alternância das maiúsculas e minúsculas numa mesma palavra, se passam numa primavera que mudou a vida da família Bouillon. Elas são contadas do ponto de vista do pequeno Harvey, um menino muito inteligente, imaginativo e apaixonado por corridas de sarjeta. Ele se vê muitas vezes sozinho em suas argumentações. A invisibilidade de Harvey é precedida pela do imaginário Scott Carré e acontece na última vez que ele vê seu pai. As ilustrações de Janice Nadeau, utilizando-se de tons de terra, cinza e preto, realizadas de várias perspectivas nos aproximam e afastam dos eventos e dos lugares contados. A maior parte delas é fiel ao ponto de vista de Harvey, mas há algumas que nos dão imagens que ultrapassam a visão do menino.

Trecho do livro:

 “Por fim, ninguém mais o vê. Sua mulher o perdeu, talvez tenha jogado o marido fora ao limpar o saco do aspirador de pó. E ela sente muitíssimo, mas Scott Carré continua sua vida. Ele está sozinho na noite, diante das estrelas.” (p. 126)

O livro Harvey foi o título escolhido para a primeira roda de leitura online realizada pela Taba.

Confira como foi a conversa clicando aqui.