Greve

Greve

Greve_ler9781365  botaocomprar

Autor(a): Catarina Sobral

Ilustrador: Catarina Sobral

Tradutor Monica Stahel

Editora: WMF Martins Fontes

Ano de lançamento: 2014

 

Resenha:
Com a leitura de Greve, o leitor se dará conta da importância do ponto no dia a dia. Pois são eles que entrarão em greve, isto é, deixarão de executar suas funções na escrita, na medicina, na geografia, no desenho, na costura, na pintura, no teatro etc. “Ponto” é, de fato, uma palavra com muitos sentidos e usos – basta consultar o verbete em um dicionário de língua portuguesa para logo nos espantarmos com a lista extensa de definições. Catarina Sobral, que é apaixonada pela gramática e transforma os seus elementos em personagens, para traduzir em imagem a perplexidade que se instaura com a ausência dos pontos se utilizou de colagens e monotipias buscando referências em fotografias de greves, no design gráfico, nos cartazes construtivistas e nas vanguardas russas do século XX que usaram principalmente as cores vermelha e preta.

Trecho do livro:
“Era impossível marcar pontos de encontro, e ninguém tinha pontos de vista sobre coisa alguma.” (p. 46)

Para quem?
aut acomp

Para quê?
rir pensar

avatar

escrito por

Estudante de Biblioteconomia, empenhada em demonstrar que a profissão tem muito a colaborar com os tempos atuais. Apaixonada por histórias desde pequena, busca – no contar das palavras escritas, da oralidade, dos desenhos, dos sons – entender e explicar um pouco essa coisa que é o mundo.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário