Flor do cerrado: Brasília

Flor do cerrado: Brasília

Escrito por: Ana Miranda

Ilustrado por: Maria Eugênia

Editora: Companhia das Letrinhas

Ano de lançamento: 2004

Resenha

Flor do cerrado: Brasília, de Ana Miranda, é a história da construção da capital do país recontada pelo olhar sensível de uma menina de quatro anos. Acompanhado das ilustrações de Maria Eugênia e de fotos da época, o livro pertence à Coleção Memória e História e é recheado de informações detalhadas sobre o planejamento de Brasília, desde as primeiras expedições ao interior do Brasil, até a inauguração da cidade, em 21 de abril de 1960. Ainda muito pequena, a narradora precisa se mudar de Fortaleza para acompanhar o pai, um dos engenheiros responsáveis pela realização do projeto da nova capital. Apaixonado pela cidade que se concretizava a cada dia, o pai insere a família em seu sonho e a faz participar das etapas do trabalho, revelando detalhes fundamentais da nossa história. Ao final, há as informações biográficas de nomes importantes citados no texto, como o presidente Juscelino Kubitschek e os arquitetos Lucio Costa e Oscar Niemeyer.

Trecho do livro

“De perto, as plantas, as árvores, o capim eram ainda mais inquietantes. As árvores nasciam retorcidas, inclinadas, isoladas, com poucas folhas. A poeira vermelha subia em redemoinhos, que eu achava que era rodamoinho que rodava moinho, às vezes quatro, cinco, dez redemoinhos giravam ao mesmo tempo, parecendo umas lagartas vermelhas dançando, em pé.” P. 57

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário