Felizes quase sempre

Felizes quase sempre

Escrito por: Antonio Prata
Ilustrado por: Laerte
Editora: 34
Ano de lançamento: 2012

Resenha

Os personagens dos contos de fadas cansaram da monotonia em suas vidas depois que se tornaram felizes para sempre, por isso procuram um autor para lhes ajudar a resolver este impasse. Em Felizes quase sempre, o cronista paulistano Antonio Prata resgata os clássicos da literatura infantil de modo atualizado e em diálogo com o cotidiano contemporâneo. Coloca-se como personagem da própria história, como o autor que, a pedido de príncipes, princesas, anões e fadas reconta suas histórias, inserindo pequenos dissabores como dias de chuva, picadinhas de borrachudo, resfriados de vez em quando, entre outros que contribuem para se valorizar ainda mais as coisas boas do dia a dia. As ilustrações ficam por conta do premiado cartunista Laerte e sua grande capacidade de construir imagens cômicas, extraindo o riso de situações prosaicas presentes na vida humana, e humanizando essas figuras fantásticas.

Trecho do livro

“Acordaram ao lado dos seus amados e amadas ainda com um tiquinho de sono, saltaram da cama meio mal-humorados e abriram a janela do quarto, lá no alto do castelo. Fazia um dia nublado, o sol brilhada atrás das nuvens e estava com cara de que ia chover.” P. 31

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.