http://i2.wp.com/ataba.com.br/wp-content/uploads/2015/09/eu-tenho-o-direito-de-ser-criança.jpg?w=1050

Entre leitores e leituras – Eu tenho direito de ser criança

Tenho o direito de estudar de graça…” Esta foi a parte do livro que mais chamou a atenção das crianças. “De graça? Quem me dera” foi um dos comentários que mais ouvi durante a leitura. Talvez porque eu estava lendo em uma escola particular e as crianças ouvem alguns comentários dos pais e familiares sobre o custo das coisas. Mas este livro gerou uma discussão sobre política partidária. “A culpa é da Dilma.” ou “A culpa é do Lula.” Sim, as crianças de 7 anos de idade também repetem o que os pais falam sobre os nossos governantes.

E o que podemos fazer para tentar melhorar a situação de crianças que não tem o que comer, beber, não tem onde morar, não tem escola para estudar ?

Dei voz às crianças, e as respostas são criativas, mas algumas crianças não souberam responder: não desperdiçar comida, fabricar mais remédios, fazer doação de remédios, roupas, brinquedos, ter farmácias grátis, estudar em casa com a família, colher frutas das árvores, encontrar diamantes, pegar dinheiro emprestado e devolver o troco! Que tal?

Mas, quando é que todas as crianças do mundo vão ter todos os seus direitos respeitados?

“Quando os adultos puderem ler esse livro”!




Participe da conversa!