Em 2017 #espalhe leitura com #ataba!

Desde seu início, A Taba tem como missão aproximar os bons livros dos leitores, criando as melhores experiências de leitura envolvendo literatura infantil e juvenil.

Para realizar esse trabalho, construímos um acervo considerável com títulos de alta qualidade estética e literária, enviados para nós por distribuidoras, editoras, autoras e ilustradores do Brasil e do mundo. Esse material serviu de suporte para ampliarmos nosso repertório e nos consolidarmos como uma empresa de curadoria que atualmente é referência para formação de leitores em nosso país.

No final do ano passado, mudamos de casa e decidimos que nossos livros também deveriam “ganhar o mundo”, voando livres e soltos a procura de olhos ávidos por enxergar o mundo.

Foi assim que criamos a campanha #espalheleitura com #ataba!

Captura de Tela 2017-01-14 às 22.55.34Entramos em contato com educadores, narradores orais, mediadores e promotores de leitura, escritores e leitores em todo o país, fazendo um convite: que tal nos ajudar a espalhar nossos livros pelo Brasil para que encontrem crianças e adultos e possam ser conhecidos por mais e mais pessoas?

Captura de Tela 2017-01-14 às 22.53.24Apaixonados por leitura em várias cidades do Brasil aceitaram o desafio e, desde dezembro, estão nos ajudando nessa missão. Livros estão sendo espalhados e encontrados em Araçariguama, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Cachoeiro do Itapemirim, Campinas, Campo Grande, Cerro Largo, Cruzeiro, Curitiba, Fortaleza, Foz do Iguaçu, Franca, Florianópolis, Guaxupé, Ilhabela, João Pessoa, Natal, Osasco, Parati, Porto Alegre, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São José dos Campos, São Paulo, Sapé, Rio de Janeiro, Vitória e muito mais!

A brincadeira é simples: embalamos nossos livros em saquinhos para deixá-los protegidos em espaços abertos. Junto com cada título, colocamos uma etiqueta convidando para a leitura e uma filipeta com as seguintes orientações:

Parabéns!
Você acabou de encontrar um dos livros espalhados pela Taba em diversos lugares de todo o Brasil.
  1. Leia e aproveite essa experiência, compartilhando-a com alguém.
  2. Em seguida, coloque o livro dentro da mesma embalagem, juntamente com essa mensagem.
  3. Deixe-o em um lugar onde possa ser descoberto e desfrutado por outra pessoa. Ele precisa continuar vivo e livre, espalhando leitura pelo mundo afora.
  4. Tire uma foto do livro no local escolhido e publique nas redes sociais, usando as hashtags #espalheleitura #ataba
  5. Marque ou descreva em sua postagem o nome do lugar onde a obra foi deixada para que seja localizada rapidamente por outro leitor.
  6. Publique, compartilhe! Ajude-nos a continuar espalhando leitura pelo nosso país.
A Taba acredita que bons livros e boas leituras aproximam as pessoas.
Seja parte dessa aldeia!
Assine A Taba: loja.ataba.com.br

 

São mais de 600 títulos diferentes “voando” por aí! Muitos já foram encontrados e voltaram a circular em novos lugares.

Queremos com essa iniciativa aproximar os livros dos leitores, tornando-os acessíveis como objetos do cotidiano: prontos para serem lidos, usados, emprestados pelo maior número de pessoas.

Se você também tem em casa títulos incríveis que gostaria que fossem conhecidos também por outros leitores, participe dessa campanha com a gente! #espalheleitura com #ataba!

A Taba acredita que boas experiências de leitura aproximam as pessoas.

Seja parte dessa aldeia!

 

Captura de Tela 2017-01-14 às 22.56.50

Captura de Tela 2017-01-14 às 22.54.00 Captura de Tela 2017-01-14 às 22.53.41 Captura de Tela 2017-01-14 às 22.54.34 Captura de Tela 2017-01-14 às 22.54.12Captura de Tela 2017-01-14 às 22.54.55copia-de-banner-2-kit-loja-nova

avatar

escrito por

Denise Guilherme é Mestre em Educação, formadora de professores e consultora na área de projetos de leitura.
Desde cedo, apaixonada por palavras ditas e escritas. Descobriu nos livros um caminho para entender a si mesma e aos outros. E ficou tão encantada com o que viu que decidiu compartilhar com o mundo.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook
12 Comentários
  1. Julli Pop17 jan, 2017Responder
  2. Ediane Melo16 jan, 2017Responder
  3. Celinha Paes15 jan, 2017Responder
    • A Taba15 jan, 2017Responder

deixe seu comentário