Dom Casmurro

Dom Casmurro

Escrito por: Machado de Assis
Editora: Globo
Ano de lançamento: 2008

Resenha

Machado de Assis é um autor hors concours, isto é, acima de qualquer classificação: mulato, autodidata, crítico atuante, tanto sobre os eventos sociais e políticos do país, por ocasião da mudança do regime imperial para o republicano, quanto sobre a produção literária da época. Escritor que trafegou, praticamente, por quase todos os gêneros literários, fundador e primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras, mundialmente reconhecido como o maior nome da Literatura Brasileira, é o criador de Dom Casmurro, romance de sua fase realista, que trata do emblemático amor de Bento Santiago e Capitolina, vulgo Capitu, envolto em uma trama de ciúmes e intrigas. Destaca-se nessa obra do século XIX a qualidade estética, pelo uso singular da linguagem, o diálogo do vate com o leitor, a ironia sagaz e o efeito de eterna novidade, pois, ao término do livro, permanece, ao longo dos séculos, o enigma para o leitor: terá Capitu traído Bentinho? Obra canônica, leitura obrigatória para estudantes de Ensino Médio, indo muito além das classificações; é a oportunidade de conhecer o que há de melhor na literatura universal!

Trecho do livro

“Entre luz e fusco, tudo há de ser breve como esse instante. Nem durou muito a nossa despedida, foi o mais que pôde, em casa dela, na sala de visitas, antes do acender das velas; aí é que nos despedimos de uma vez. Juramos novamente que havíamos de casar um com outro, e não foi só o aperto de mão que selou o contrato, como no quintal, foi a conjunção das nossas bocas amorosas…” P. 84

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.