Contos de enganar a morte

Autor(a): Ricardo Azevedo

Editora: Ática

Ano de lançamento: 2003

 

Resenha:

 Desde a década de 1980, Ricardo Azevedo tem publicado livros infantojuvenis e pesquisado os contos populares para recontá-los a sua maneira. Assim é que da leitura de várias versões da mesma história, ele cria a sua. Aumenta o ponto do conto. Este livro é composto de quatro histórias nos legada pelos portugueses. Elas tratam dessa situação em que uma personagem tendo sido visitada pela Morte – tenta adiar a sua partida, seja por meio da negociação dos prazos ou pregando uma peça à Morte. É nessas idas e vindas da Morte e nos logros que estão a graça de cada conto. No entanto, sabemos que ela é inevitável e ainda que mais tarde, a Morte cumpre o seu designio. As ilustrações coloridas inspiradas nas xilogravuras do cordel são como um retrato dos principais momentos de cada conto.

Trecho do livro:

 “– Vamos lá, compadre – grunhiu a Morte. – Termine logo com isso que eu tenho mais o que fazer.
– Coisa nenhuma! – exclamou o médico saltando da cama. – Você jurou que só me levava quando eu terminasse a rezar. Pois bem, pretendo levar anos para acabar minha reza…
Ao perceber que tinha sido enganada mais uma vez, a Morte resolveu ir embora, mas antes fez uma ameaça:
– Deixa que eu pego você!” (p. 20)

Para quem?




Participe da conversa!