http://i1.wp.com/ataba.com.br/wp-content/uploads/2014/10/Bruxa.jpg?w=1050

13 livros de bruxas para enfeitiçar leitores de todas as idades

Todo leitor que se preze tem em seu repertório alguma história de bruxa. Seja como vilã temida e poderosa ou como uma figura engraçada e atrapalhada, não há quem não goste de uma narrativa na qual essas mulheres sejam personagens.

Presente nas primeiras adaptações dos contos maravilhosos para a criança burguesa no século XVIII, a figura da mulher com poderes capazes de controlar as forças da natureza é uma das mais populares criações do imaginário, sendo recorrente em diferentes tempos e culturas. A exemplo do lobo – animal feroz por excelência para a imaginação infantil – a bruxa, em grande parte das histórias, ainda responde à representação criada na tradição oral mais antiga, aquela das narrativas à beira do fogo, que davam corpo às fantasias e temores humanos. Velhice, feiúra, canibalismo, poderes especiais, objetos mágicos, dualidade, prática de malvadezas, convivência com animais, habitat em florestas ou lugares pouco povoados são algumas características que compõem o perfil desse personagem. Muitas delas mostram-se presentes em diferentes produtos culturais contemporâneos, como nas adaptações de Walt Disney para os textos clássicos (Branca de Neve, A Bela Adormecida, A Pequena Sereia), nas animações de Michel Ocelot (Kiriku e a feiticeira), nos seriados de televisão (As trigêmeas, Witchies),  no sucesso nos livros e cinemas (Harry Potter) e até na brasilidade da Cuca criada por Monteiro Lobato e da adorável e atrapalhada Bruxinha de Eva Furnari.

Geralmente maldosas, vingativas e cruéis, as bruxas  são as responsáveis pelos grandes infortúnios que motivam os protagonistas (príncipes e princesas) a enfrentarem muitos desafios para vencerem seus feitiços por meio da inteligência, da astúcia e do amor. Sem elas, as histórias que tanto nos encantam seriam apenas uma sequência de eventos felizes, monótonos e, portanto, sem nenhuma graça. E, talvez, seja por esse motivo, que nenhum outro personagem exerça tanto fascínio sobre os pequenos leitores. Elas representam nossa entrada no mundo dos mistérios, de longas e incríveis travessias em direção ao crescimento.

Uma vida sem bruxas, é uma vida sem fadas. Sem magia, sem aventuras e sem imaginação. É exatamente por isso que onde tem criança, tem bruxa.

Confira, a seguir, 13 livros selecionados, testados e aprovados pela equipe de A Taba com bruxas para todos os gostos. Todos estão à venda e, se clicar sobre as capas, você será redirecionado para a Amazon!

Boa leitura e boa diversão!

A bruxinha atrapalhadaA Bruxa SalomeA bruxa do armário de limpezaBruxa, bruxa venha à minha festaA Bruxa Zelda e os 80 docinhosBruxinha ZuzuA Bruxinha e o DragãoCacoeteManual Prático de Bruxaria em onze liçõesSamanta Gorducha vai ao baile das bruxasAs bruxasA estranha Madame Mizuler9781287

 




Participe da conversa!

Márcia Santana de Sousa; Márcia Santana de Sousa

Hummm coloca minha cara nisso rsss

sua cara Sofia Panachevsky

Faltou "Tesourinha e a bruxa" da Diana Wynne Jones :)

Alberto Magno disse:

Recomendo também "Direitos Iguais, Rituais Iguais" (“Equal Rites”) e Quando as Bruxas Viajam (Witches Abroad) de Terry Pratchett

Amalia Romar Abreu disse:

Hoje é dia

Lia Souza Dias Olival disse:

E a Baba Yaga????

Denise Guilherme disse:

É mesmo, Lia, ficou faltando uma recomendação de uma boa versão da Baba Yaga. Gostamos muito da que foi publicada no livro “A volta ao mundo em 52 histórias” de Neil Philip, da Companhia das Letrinhas. E você? Conhece outra?