Agbalá: um lugar continente

Agbalá: um lugar continente

Escrito por: Marilda Castanha
Ilustrado por: Marilda Castanha
Editora: Cosac Naify
Ano de lançamento: 2011

Resenha

Este é o segundo livro de Marilda Castanha que integra a coleção “Histórias para contar História”. Pindorama, terra das palmeiras foi o primeiro. Agbalá, com seu texto poético e ilustrações primorosas, é um modo de a autora homenagear as culturas da África que desembarcaram no Brasil durante o longo período da escravidão. É também sua profissão de fé a respeito da força das culturas ancestrais que nenhuma servidão pode apagar. Essa homenagem passa pela rememoração de como eles viveram no Brasil naqueles anos: as relações com o senhor, com os companheiros de senzala, com os capitães-do-mato, os modos que eles encontraram para sincretizar as suas culturas com a local e resistirem à dominação. Essa rememoração chega até os dias de hoje na seção “De olho na história”. O projeto gráfico destaca as belíssimas ilustrações de Marilda as quais respeitam os traços, as cores e os movimentos das pinturas reconhecidas como africanas. Em cada desenho o “lugar continente” se manifesta.

Trecho do livro

“Mas nenhuma dessas marcas apagava sua cultura, presente no modo de andar, de carregar as crianças, nos panos coloridos das mulheres, nos seios à mostra, nos turbantes, contas, pulseiras, colares, nos passos ritmados dos homens com suas carapuças vermelhas, nas inscrições rituais do rosto, nos diferentes cortes de cabelo, nos gestos e olhares. Lembranças presentes e vivas de um lugar e de um tempo dos quais estavam tão próximos e tão distantes.”

(p. 12)

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.