A jornada do pequeno senhor tartaruga

A jornada do pequeno senhor tartaruga

Autor(a): Inge Bergh, Inge Misschaert

Ilustrador: Kristina Ruell

 

Tradutor: Cristiano Zwiesele do Amaral

Editora: Pulo do Gato

Ano de lançamento: 2014

 

Resenha:

 O título do livro é também o nome da história preferida do pequeno Yomi a qual ele pede a mãe que lhe conte quando se encaminham para o hospital, pois o menino está adoentado. Assim a jornada do senhor tartaruga rumo ao céu e a do garoto ao hospital são intercaladas no texto – diferenciandas pelo uso de uma cor para a história e de outra cor para os comentários de Yomi e as observações da mãe. As ilustrações, com cores vibrantes, fazem-nos conceber uma travessia para Yomi e sua mãe que parte do texto e vai além dele ao criar outras personagens que colaboram com o destino da mãe e do filho e imaginá-los em espaços que vão desde a comunidade mais distante até a cidade grande. Apresentam ainda o senhor tartaruga como um bichinho de pelúcia que vive a sua aventura nos cenários inventados para o percurso de Yomi e sua mãe e diante das demais personagens que cruzam o caminho deles.

Trecho do livro:

 “O pequeno senhor tartaruga mal sabia para que lado olhar. Lá do alto, ele avistava os rios, os macaquinhos nas árvores e as aldeias cheias de crianças. ‘como é belo o mundo!’, pensou. Ele se esforçava para não soltar seus dentes do galho.” (p. 19)

Para quem?
aut sozin inici acomp

Para quê?
dificeis pensar emocionar