A casa azul

A casa azul

Escrito por: Anne Herbauts

Ilustrado por: Anne Herbauts

Editora: Cosac Naify

Ano de lançamento: 2010

Resenha

O viajante Modesto sente o desejo de se estabelecer e começa a empreender num projeto de construção de uma casa situada entre duas imensidões: a do mar e a da aridez da areia que o margeia. Poucas companhias, geralmente de animais, cercam o homem, e, diante de tanto silêncio, é possível até se comunicar com o mar, que reage subjetivamente às conquistas do homem. Mas há a presença de três aves emplumadas que troçam do sujeito, rindo de suas escolhas, colocando-o diante de impasses quanto ao modelo de moradia que quer, por fim, habitar. Em A casa azul, livro de Anne Herbauts, há uma sintonia plena entre as palavras exploradas em todo potencial poético e as ilustrações da autora, que contribuem para o leitor visualizar não só a paisagem, mas também as emoções de um homem situado num ponto de encruzilhada da sua existência.

Trecho do livro

“Como não está mais viajando, Modesto não é mais um viajante, não é mesmo? Modesto ficaria bem instalado perto da árvore. Ele já imagina uma casa magnífica, alta e grande, com uma única janela para dar uma piscadela ao Sol e uma bela porta de madeira.”

Obra sem numeração de página

avatar

escrito por

Somos um grupo independente de especialistas em literatura infantil e juvenil, professores, pais, bibliotecários e contadores de histórias com um único objetivo: formar uma aldeia, um coletivo de pessoas que vive e experimenta leituras.

gostou? compartilhe!

comente pelo facebook

deixe seu comentário